Previna-se, Homem que é homem se cuida!

Próstata

A próstata é uma glândula que produz o líquido espermático ou esperma e serve de veículo para os espermatozóides chegarem até o óvulo. Ela se localiza muito perto da bexiga, por onde sai a uretra.

A proximidade entre esses órgãos faz com que qualquer problema que afete a próstata acabe repercutindo na bexiga e na uretra.


Câncer de próstata

É o tipo de câncer que ocorre na próstata: glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis.

O câncer de próstata é um tumor que acomete homens maduros e pode ser curado quando ainda está localizado. Se identificado já em estádio avançado, o risco de sobrevida do paciente é muito menor. Portanto, o diagnóstico precoce é fundamental no controle e cura da doença.

Sintomas do Câncer de Próstata

Em estágios iniciais, o homem geralmente não sente nada. Conforme o tumor cresce, os sintomas que podem aparecer são:


Vale dizer que estes sintomas não significam a existência de câncer.

O câncer de próstata somente é diagnosticado por meio de exames clínicos, laboratoriais e biópsia.

Tumores em estágio mais avançado podem ocasionar dificuldade para urinar, sensação de não conseguir esvaziar completamente a bexiga e hematúria (presença de sangue na urina).

Dor óssea, principalmente na região das costas, devido à presença de metástases, é sinal de que a doença evoluiu para um grau de maior gravidade.



Fatores de risco para tumores na próstata


Idade: 50% dos homens com idade entre 51 e 60 anos. Aos 80 anos, este índice sobe para 90%.

História familiar de tumores prostáticos

Raça: mais comum em negros.

Outros fatores de risco envolvem a alimentação (dieta rica em gordura e carne vermelha, pobre em legumes, vegetais e frutas), sedentarismo e obesidade (estes pacientes tem câncer de próstata mais agressivo), taxas de estrogênio (quanto maior a taxa, maior o risco).


Diagnóstico de Câncer de Próstata

— Avaliação clínica

— Exame retal digital(mais eficaz)

— Exame de urina (infecção)

— Exame de sangue (PSA - Antígeno prostático específico),

— Uréia e creatinina- (avalia a função renal) – mais eficaz.

— Ultrassonografia transretal;

— Valores do PSA:

— Os valores de referência do PSA (antígeno prostático específico total) dependem de cada laboratório, mas, em média, são:

— Até 59 anos: < 4,0 ng/mL

— Entre 60 e 69 anos: até 4,5 ng/mL

— Idade igual ou superior a 70 anos: até 6,5 ng/mL

— A relação PSA livre/ PSA total é menor nos pacientes com câncer. Os valores de referência para a relação PSA livre/PSA total não estão bem estabelecidos, mas, quando inferiores a 0,20, parecem se correlacionar com câncer de próstata, enquanto valores acima de 0,2 parecem estar associados a doenças benignas.


Tratamento de Câncer de Próstata

Para pacientes idosos e com câncer em estágios muito inicias, recomenda-se frequentemente observar vigilantemente.

A escolha do melhor tratamento é determinada pela biópsia, pelo PSA no sangue. O médico irá sugerir exames de controle periódicos.

Os tratamentos – que podem causar problemas relacionadas à sexualidade e problemas urinários – podem não ser necessários caso o câncer seja inicial e pouco agressivo.

O início do tratamento pode ser adiado para homens com idade mais avançada ou de saúde frágil. Tratamentos mais agressivos são recomendados para homens mais novos ou para aqueles que possuem um estadiamento intermediário da doença.

• Conduta Expectante

• Cirurgia

• Radioterapia

• Criocirurgia

• Hormonioterapia

• Quimioterapia

0 visualização

©  2019 - Todos os direitos reservados.

Tel: (86) 3232-3870

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social