FAZENDA CHAPADA GRANDE INVESTE NA SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO



O primeiro passo para promover uma Cultura de Segurança do Trabalho na cadeia produtiva do agronegócio é atender os requisitos críticos ou básicos da Saúde e Segurança do Trabalhador no Agronegócio. É o que o Dr. Raimundo Leal faz como Consultor em Saúde e Segurança do Trabalho na Fazenda Chapada Grande, em Regeneração, no estado do Piauí.


Dados do Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, elaborado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT), apontam que, no mundo, um trabalhador morre por acidente laboral a cada 15 segundos. De 2012 a 2020, 21.467 destes trabalhadores eram brasileiros, representando assim uma taxa de 6 óbitos a cada 100 mil empregos formais nesse período.


Um dos pontos cruciais para modificar este cenário é a implementação do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), do Controle de Entrega de EPI’s e a instalação de sistemas de segurança em zonas de perigo de máquinas e/ou equipamentos, que resolveriam a maioria dos acidentes e demais irregularidades identificadas no agronegócio.



A Fazenda Chapada Grande é um exemplo de indústria do Agronegócio em Regeneração, no estado do Piauí que investe na saúde ocupacional. Adquirida por empresários paulistas em 2004, com o propósito de produzir Soja, Milho e outros alimentos, para gerar empregos e distribuição de renda numa das regiões mais pobres do Brasil.


A empresa desbravou a região e conseguiu fomentar outros investimentos que passaram a acontecer nos municípios vizinhos, tornando-se um exemplo de prosperidade na indústria. Com área de 12 mil hectares de Soja e Milho do projeto agrícola original, buscando sempre acelerar e avançar nas expansões de plantios e empregos.


Vale salientar que, graças ao agronegócio, o território no sul piauiense se transformou em uma próspera fronteira agrícola com inúmeros empresários especializados neste segmento econômico e atraiu milhares de trabalhadores de várias regiões e viu sua população crescer em nada menos do que 50,3% em vinte anos, saltando de 7.779 para 11.671 habitantes, entre 2000 e 2020, respectivamente.

Segundo dados da Secretaria de Comércio das Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, as exportações do agronegócio em 2020 tiveram ótimo desempenho, o segundo maior de toda a série histórica, atrás somente de 2018. O agronegócio significa cerca de 25% do total do PIB brasileiro e tem potencial para chegar a receitas de U$$ 1 trilhão de dólares nos próximos dez anos.


Contudo, fica evidente que adotar uma abordagem preventiva da saúde nas corporações possui inúmeras vantagens como, por exemplo, a redução de afastamentos e faltas, o aumento da produtividade e a melhoria do ambiente de trabalho. Afinal de contas, pessoas saudáveis e felizes conseguem desempenhar muito melhor suas funções no trabalho.


Dr. Raimundo Leal é Especialista em Medicina do Trabalho RQE1067, Perito Judicial RQE3465, e é o médico apto para ser Consultor em Saúde e Segurança do Trabalho na sua empresa!





27 visualizações0 comentário