As competências do Médico do Trabalho



De acordo com Zuher Hander, a Medicina do Trabalho é a especialidade médica que se ocupa das relações entre o trabalho e o processo saúde-doença dos trabalhadores visando à promoção da saúde e da qualidade de vida e a prevenção dos acidentes e doenças, por meio de melhoria continua das condições de trabalho e da saúde, nas dimensões física e mental.


No Brasil a medicina do trabalho teve inicio em 1973, por exigência da Portaria do Ministério do Trabalho nº 3.237/72 que tornou obrigatoriamente os serviços especializados de Medicina do Trabalho e Engenharia de Segurança nas empresas.


A medicina do trabalho foi reconhecida como especialidade médica em 2002, por um Comitê Misto formado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), Associação Médica Brasileira (AMB) e Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) do Ministério da Educação e pela Resolução CFM nº 1634/02.


Conforme os autores Elizabeth, Claudia, Horácio e Carla, as principais competências para o exercício da medicina do trabalho revisadas em 2016, são:


  • Profissionalismo ou competências de Juízo Moral;

  • Analise da situação de saúde dos trabalhadores: diagnostico dos principais problemas e necessidades; recursos, oportunidades e facilidades para atenção integral à saúde, em nível individual e coletivo.

  • Estudo do trabalho: análise e intervenção sobre as situações risco a saúde e a integridade do trabalhador, ou potenciais, geradas pelo trabalho.

  • Promoção e educação para a saúde.

  • Comunicações e relações interpessoais.

  • Gestão do conhecimento.

  • Trabalho em equipe, liderança e mediação de conflitos.




A especialidade medicina do trabalho vem sendo influenciada pelos avanços tecnológicos, na área médica, políticas públicas e as leis que regulamenta as relações de trabalho e organização da produção do Brasil.


Com esses avanços o médico do trabalho, deve se adaptar as novas práticas e está sempre se atualizando. Com isso exercer seu trabalho com as competências já referidas, cumprir seu papel social da melhor forma, compreender o trabalho, saber identificar a necessidade dos trabalhadores e empresas.


Bibliografia: Competências essenciais requeridas para o exercício de medicina do trabalho: revisão 2016/ {equipe de trabalho} Elizabeth Costa Dias (coordenadora)... {et al.}. -- 1. ed. -- Curitiba, PR: ANAMT - Associação Nacional de Medicina do Trabalho, 2016.


13 visualizações

©  2019 - Todos os direitos reservados.

Tel: (86) 3232-3870

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social