BLOG | Raimundo Leal | Teresina | Médico do Trabalho


Conforme o Ministério da Economia, Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, Secretaria de Trabalho e Subsecretaria de Inspeção do Trabalho, para preservação da vida, do emprego e da renda dos cidadãos.


Elaboramos um PLANO DE AÇÃO específico para sua empresa, com base no ramo de atividade, peculiaridades e riscos existentes para proteger a saúde dos colaboradores, empregadores, clientes e terceirizados, prevenindo, diminuindo o contágio, evitando a transmissão e propagação do COVID 19.


Promovendo as práticas de boa higiene e conduta, quanto às refeições, referente à CIPA, transporte de colaboradores, uso de máscara e conduta diante dos colaboradores pertencentes a grupo de risco.


Este MANUAL de relevante importância para sua empresa, poderá ser adquirido junto ao Núcleo do Trabalhador Saudável através (86) 3085 5693 e 99408 9838, 99499 5528 WhatsApp e e-mail: rmartinsleal@yahoo.com.br.

0 visualizaçãoEscreva um comentário


De acordo com o Ministério da Saúde, o Coronavírus (CID10) é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19).


Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.



https://coronavirus.saude.gov.br/sobre-a-doenca#transmissao

Com a gravidade da doença foi decretado Pandemia que é uma situação em que uma doença infecciosa ameaça muitas pessoas de forma simultânea no mundo inteiro.


O Período de incubação de incubação é o tempo que leva para os primeiros sintomas aparecerem desde a infecção por coronavírus, que pode ser de 2 a 14 dias.


De uma forma geral, a transmissão viral ocorre apenas enquanto persistirem os sintomas. É possível à transmissão viral após a resolução dos sintomas, mas a duração do período de transmissibilidade é desconhecido para o coronavírus. Durante o período de incubação e casos assintomáticos não são contagiosos.



De que forma uma campanha de prevenção dentro das empresas pode ter mais efetividade?


Os trabalhadores devem ser incentivados a manterem boas práticas de higiene das mãos com água e sabão ou álcool gel.


Cobrir a boca com a parte interna dos braços ou tossir com a proteção de lenços descartáveis e higienizar sempre as mãos após esses procedimentos.


Uso de máscara para os pacientes que são casos suspeitos ou que já tenham o diagnóstico do Covid-19 ou para equipe de saúde que atende os casos suspeitos ou confirmados.


Dormir em quantidade e qualidade, fazer alimentação balanceada e adequada, boa hidratação, praticar atividades físicas e gerenciar o estresse.


Bibliografia: https://coronavirus.saude.gov.br/sobre-a-doenca#transmissao

9 visualizaçõesEscreva um comentário


De acordo com o Item 2.2 do Anexo I da NR 7, entende-se por exames audiológicos de referência e sequencias o conjunto de procedimentos necessários para avaliação da audição do trabalhador ao longo do tempo de exposição ao risco.


No item 3.1 devem ser submetidos a exames audiométricos de referência e sequenciais, todos aqueles trabalhadores que exerçam ou exercerão suas atividades em ambientais cujos níveis de pressão sonora ultrapassem os limites de tolerância estabelecidos na NR 15 nos anexo 1 e 2.


O exame audiométrico deve ser executado por profissional habilitado, médico ou fonoaudiólogo, conforme a resolução dos respectivos concelhos.


O exame audiométrico deverá ser realizado na admissão, com 06 meses, a partir daí anual. O resultado do exame deverá ser registrado em ficha clínica para acompanhamento com identificação do colaborador com idade, número do RG, nome da empresa e função.


O trabalhador deverá permanecer no mínimo 14 horas em repouso auditivo para realização do exame.


No item 5.1 cita: o diagnóstico conclusivo, o diagnostico diferencial e a definição de aptidão para o trabalho, na suspeição de perda auditiva induzida por níveis de pressão sonora elevados, estão a cargo do médico coordenado do PCMSO de cada empresa.

5 visualizaçõesEscreva um comentário

©  2019 - Todos os direitos reservados.

Tel: (86) 3232-3870

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social